Bota branca como acessório para transformar o look

Sabe aquelas manias que as fashionistas têm? Algumas por bolsas, outras por roupas, a minha é sapato. Quem me conhece sabe que sou louca por eles. Essa bota branca, em especial, tem o poder de transformar a produção dependendo da maneira que for editada.

Mais cool com vestido curto de tricô, mais básica com jeans wide, mostrando só a pontinha, ou até por fora de um skinny jeans, com uma legging, enfim, as possibilidades são muitas.

Contei no meu insta (se você ainda não me segue, vai lá @fabiolamininel) que fui convidada pela mybest Brasil para escrever sobre um acessório que transforma o look e essa bota foi minha escolhida. A mybest é um site de recomendação de produtos para ajudar os consumidores em suas escolhas de compras. A resenha que eu escrevi está aqui nesse link (clique para ler na íntegra) e tem também outros textos de influenciadoras de moda contando qual acessório transforma o look delas. Ah, além disso, tem indicação de onde encontrar esses acessórios. Vale a pena conferir!

Bota branca como usar

De tendência polêmica à queridinha da estação, é assim que podemos definir as icônicas botas brancas. Elas que já foram chamadas de botas de paquita (quem lembra?), hoje ocupam lugar de destaque nos looks mais cool das fashionistas hoje

Mas, apesar disso, pode surgir muita dificuldade na hora de combinar e editar os looks com bota branca, por isso, reuni aqui algumas formas bacanas para se inspirar e adotar nos seus looks.

Curti muito alguns looks enquanto fiz a pesquisa de imagens para o post. Procurei incluir mais alguns looks que considero básicos e mais fáceis de reproduzir no dia a dia, mas também tem alguns mais chiques e arrumados para quem curte essa proposta!

Meu mundo cinza

Tenho dificuldade de usar cores. Venho me observando há algum tempo e essa característica vinha se mostrando cada vez mais forte. Sempre amei um pretinho neutro e básico (amplio o leque para cinza e azul marinho). Dia desses, me lembrei de uma frase da minha mãe: “Ai, filha, você só usa preto. Escolhe outra cor”. Analisando essa lembrança, constatei que essa característica me acompanha há bastante tempo (visto que já faz sete anos que minha mãe se foi).

Porém, tenho notado que isso passou a me incomodar. Como já escrevi aqui antes, a moda – e, consequentemente, as cores – tem o papel de traduzir um estilo e também estado de espírito naquele dia. Talvez por isso tenha surgido a necessidade de incluir cores nos meus dias.

Não quero ser todo dia apenas cinza (apagadinha e sem graça), preto (apesar de elegante, também pode passar a imagem de uma pessoa muito fechada e até mesmo em luto), ou marinho (básica sem chamar atenção). Quero trazer luz, irradiar cores e mostrar nos meus looks do dia que também posso ser pink, roxo ou verde-água, por exemplo. Cor da qual eu gosto muito, inclusive. Houve um tempo em que usei com bastante frequência, mas depois enjoei e aboli do armário.

Já é tão automático pra mim, que, ao escolher uma nova peça, nem penso, “vou pegar o preto mesmo que não tem erro”. Mas, aos poucos, devagarzinho, vou mudando essa realidade. Já tenho peça rosa, púrpura, verde erva doce… E gosto delas. E, o mais legal de brincar com as novas cores é descobrir as combinações e como elas se encaixam com as minhas antigas peças neutras. Pudera, não é tão difícil fazer combinações com preto, cinza ou marinho.

Dia a dia, assim como novos hábitos que exigem paciência, treino e persistência, incluo uma peça de cor no meu look. O próximo passo nessa busca que também entra no âmbito do autoconhecimento é fazer uma análise cromática. Quando fizer, conto aqui. E espero ampliar meu mundo que era cinza para um lindo arco-íris, com todas as cores que tenho direito.

Looks com bota western

Bota lindíssima @paulatorresbrand de cano alto combinada com jeans skinny e blazer oversized

Dias mais fresquinhos chegando e a gente já fica querendo tirar as botas do armário. Quem também é assim? São muitos modelos, dos mais variados estilos e materiais. Mas hoje vamos falar especificamente do tipo western, aquela bota estilo country, de bico mais fino, salto grosso e baixo. Aparece com cano longo e curto, e algumas ainda possuem desenhos e aplicações. Ficam lindas com looks básicos de jeans, mas também arrasam com vestidos longos e midi fluidos. Veja as inspirações de como usar:

Onde encontrar:

Amaro
https://amaro.com/br/pt/c/moda-feminina/sapatos/botas/50000710_0002/bota-western-cano-curto-0/preto
Le Blog
https://www.leblogstore.com.br/bota-nobuck-dandara-arena/p
Paula Torres https://www.paulatorres.com.br/bota-berlim-militar-p1001220

Pandemia e mudança de comportamento nas compras de moda

comportamento de moda

A moda conta história e reflete o momento e o contexto que estamos vivendo. Com a pandemia e o lockdown não seria diferente. A vida de grande parte das pessoas mudou e se resume a pouquíssimas ou nenhuma saída de casa. Logo, a moda traduz isso na maneira de se vestir que também mudou para algo mais casual.

Ainda que se tenha reuniões on-line por vídeo, a busca por conforto e simplicidade (sem perder o estilo e a informação de moda) se tornou mandatária.

Donos de marcas de moda observam a mudança de comportamento e a tendência pela busca de tecidos de qualidade e boas modelagens que ofereçam conforto.

Os tricôs também aparecem como protagonistas por oferecerem sensação de aconchego e acolhimento (um pouco do que estamos precisando).

Parece que estamos caminhando para uma fase na moda sem muita extravagância, ao contrário, o simples, o atemporal, mas com toque de estilo e personalidade fazem os looks da vez. Aguardemos a próxima tendência.

Imagem: Pinterest

Como usar saia midi com bota e arrasar na meia-estação

Sei que o comprimento midi é meio controverso, especialmente porque quem não é tão alta pode achar que não favoreça, mas usando os truques certos de styling, dá para arrasar na produção. Invista em modelos com cintura mais alta para alongar a silhueta; use botas com o bico mais fino e deixe um pouco de pele à mostra, seja na canela ou nos punhos; se a bota for de cano mais longo, certifique-se de que a saia cubra tudo para dar um efeito mais bacana.

Dito isso, bora ver algumas inspirações para arrasar nessa estação!

Que tal? Qual foi seu look preferido? Agora já pode correr para o closet e montar o seu!

Imagens: Reprodução Instagram e Pinterest

5 maneiras de atualizar o look de moletom com sapato cool

Já falei aqui que o moletom (principalmente os conjuntos) veio para ficar nesse nosso novo estilo de vida que pede conforto e estilo no home office.

Mas não é porque vamos usar moletom que precisamos ficar com o look boring – sem graça! E eu trouxe aqui as 5 maneiras de atualizar já esse look adicionando um sapato bem cool à produção!

Tênis

moletom cool 2

Quando se fala em moletom, logo se pensa em tênis. E por que não? Mas ele não precisa ser básico, pode ter um toque de fashionismo para dar vida ao look.

Mules

moletom cool 3

moletom cool 5

As mules são atualizadores instantâneos de look, deixando-os mais modernos. Esse modelo de pelinhos da Gucci então, nem se fala. E o melhor é que tem opções inspired tão lindas quanto o original!

Escarpim

moletom cool 6

moletom cool 7

Moletom e escarpim, por que não? Bateu a vontade de subir no salto e se sentir mais chique? Esse é o modelo perfeito.

Bota

moletom cool 8

moletom cool 9

Quando a gente pensa em moletom com botas, pode parecer estranho num primeiro momento, mas olhando esse look da Rihana dá pra ver que pode ser sim uma boa opção. Se quiser ousar ainda mais, aposte no modelo com print animal.

Mocassim

Para encerrar, o modelo clássico de mocassim pode ser o equilíbrio perfeito para o despojado que traz o moletom.

Qual seu modelo favorito? Me conta nos comentários!

Moda: você vai querer usar parka

Vamos viajar um pouquinho na história para conhecer mais sobre essa peça icônica que aparece há tempos no mundo da moda. Originalmente, a parka foi criada por esquimós para se proteger do frio e da neve. Era feita de pele e pelo animal.

Tempos depois, na década de 60, a parka foi muito usada pelos mods (uma subcultura que teve origem em Londres) para se proteger das baixas temperaturas e também homenagear seus pais, pilotos combatentes na guerra. Nesta época, a peça era feita em verde militar com o escudo da Royal Air Force (Força Aérea Inglesa) bordado.

Muitos anos já se passaram e a parka foi se renovando e sendo adaptada para a moda, costumes e temperaturas de cada lugar. Além do verde tradicional, já vemos marcas brincando com as cores e materiais utilizados na confecção da peça.

É um casaco muito curinga, podemos usá-lo com jeans, short, vestido, enfim, as possibilidades são inúmeras. E com a chegada do outono por aqui, veremos muito nas composições dos looks das fashionistas.

Agora, repaginadas e modernas, as parkas também fazem sucesso em outras cores além do tradicional verde militar: tem rosa, azul, amarela, para todos os gostos.

Trouxe algumas maneiras de usar a peça e também onde encontrar alguns modelos.

Garimpei alguns modelos bem legais:

Amaro

Tem também de outras cores

https://amaro.com/br/pt/c/roupas-femininas/jaquetas/20025865_0033/jaqueta-parka-sarja-regulador/verde-militar

Renner

https://www.lojasrenner.com.br/p/-/A-551369795-br.lr?sku=551880067

Carol Bassi

https://www.cjfashion.com/parka-anemona-rosa-chiclete-5209-carol-bassi/p

Moda: tendências para ficar de olho

Conjuntos

Os conjuntinhos vieram com força ano passado e se tornaram opção número um quando a quarentena começou e tivemos que passar mais tempo em casa. Eles trazem o conforto que buscamos e confere estilo e informação de moda para quem não quer fazer feio mesmo em casa, especialmente com tantas reuniões on-line.

Esse ano ainda vamos ver muitos modelos de diferentes estilos: calça e blusa, short e blusa, saia e cropped, de moletom, de linho, de cetim (já dando spoiler da próxima tendência)…

Cetim

Essa é uma tendência que pode trazer um pouco de polêmica. Porém, é uma das que mais vai bombar, anote aí. As peças em cetim trazem o conceito do #workleisure, ou seja, peças que vão do trabalho ao lazer, sem perder o estilo. Tecidos macios e suaves ao toque são a marca dessa tendência, que traz peças chiques e ao mesmo tempo descontraídas e práticas.

Vamos ver inspirações!

Agora que já temos as referências de como usar, garimpei algumas opções bem legais!

conjunto cetim

Onde econtrar:

https://www.leblogstore.com.br/blusa-caetana-rosa-framboesa/p

https://www.leblogstore.com.br/calca-caetana-rosa-framboesa/p

slip dress leblog

Onde encontrar: 

https://www.leblogstore.com.br/vestido-charlotte-verde-esmeralda/p

conjunto curto leblog

Onde encontrar: 

https://www.leblogstore.com.br/conjunto-luara-rosa-himalaia/p

conjunto leblog

Onde encontrar: 

https://www.leblogstore.com.br/conjunto-maisa-marinho/p

conjunto preto leblog

Onde encontrar: 

https://www.leblogstore.com.br/conjunto-edna-preto/p

conjunto linho renner

Onde encontrar:

https://www.lojasrenner.com.br/p/-/A-553258010-br.lr?sku=553258061

https://www.lojasrenner.com.br/p/-/A-553245817-br.lr?sku=553245876

Imagens: Instagram, Pinterest e site das marcas indicadas

Moda: a volta do twin set

Slow Style

Já falei por aqui que na moda alguns elementos vão e vem e são repaginados e adaptados ao novo momento do mundo e do fashionismo.

A peça da vez é o twin set, uma combinação de cardigã com blusa de tricô, formando um conjuntinho. Ele surgiu pela primeira vez nos anos 40, mas foi entre as décadas de 50 e 60 que ele fez mais sucesso.

A versão clássica é em tricô, mas as marcas também lançaram em malha e outros tecidos mais leves para ser usado também no verão e dias mais quentes.

Slow Style

Depois, já ressurgiu outras vezes em tempos mais recentes e é sempre uma boa pedida. Ótimo para usar na meia estação, ele já está voltando nessa próxima temporada e promete ser um hit desde as mais fashionistas até quem não liga muito para moda.

Reuni nesse post alguns modelos que prometem fazer a nossa cabeça nesse outono/inverno. Veja quanta inspiração linda para a gente usar e abusar!

Le Blog

Carol Bassi

Imagens: Instagram, Pinterest e Google

Moda: a volta dos tamancos transparentes

Daquelas peças polêmicas que super fazem a gente pagar a língua, sabe? rs Sempre olhava e pensava: ok, não gosto muito. Mas aí fui me acostumando com o visual e me rendi a essa tendência.

Por ser transparente, ele suaviza o visual e pode ser a peça perfeita para arrematar aquele look protagonista mais chamativo sem brigar com a produção.

O bacana é que essa versão repaginada que estamos vendo agora veio com salto bloco, que dá altura e elegância, garantindo aquela postura mais chique, mas sem cansar, já que fica super confortável.

Separei alguns looks para dar ideia de como usar e no fim incluí alguns modelos que encontrei para comprar. O meu é da Zara.

Onde encontrar:

Renner

https://www.lojasrenner.com.br/p/-/A-552103016-br.lr?sku=552103024

Zara (modelo igual ao meu)

https://www.zara.com/br/en/share/vinyl-mules-with-methacrylate-heel-p12304510.html?utm_campaign=productShare&utm_medium=mobile_sharing_iOS&utm_source=red_social_movil&v1=86438918

Via Marte

https://www.stz.com.br/tamanco-via-marte-salto-grosso-tiras-vinil-rose-2015851-5153754-p1136134

C&A

https://www.cea.com.br/tamanco-feminino-oneself-salto-bloco-medio-com-tiras-em-vinil-bege-9973442-bege/p

Fotos: Instagram e Pinterest

Dica de série: Emily em Paris

Essa série delicinha da Netflix é do mesmo criador de Sex and The City, fator de alta credibilidade e indicador de sucesso pra mim, já que sou apaixonada pela antecessora.

Emily é uma jovem que trabalha numa empresa de marketing em Chicago e, após uma mudança de planos repentina – sua chefe, que ia a Paris, descobre que está grávida e não poderá viajar – aceita passar um ano na cidade luz e levar um pouco da visão americana para a filial de lá.

Porém, quando ela chega na empresa, percebe que o emprego dos sonhos não era exatamente o que ela imaginava. Ela sofre rejeição e uma certa resistência dos novos colegas de trabalho. Ah, tem um detalhe: ela foi pra lá sem falar francês!

Mas isso não foi motivo para ela perder o rebolado. Com muita resiliência, bom humor e competência, ela mostra a que veio.

Quando chega à cidade, ela cria um perfil no Instagram para dividir sua nova vida, o @emilyinparis. Com um olhar apurado e criatividade, ela vai compartilhando cliques que se tornam cada vez mais populares.

E é esse olhar sobre o marketing nas redes sociais que ela tenta levar para os clientes da empresa em que trabalha, mas sua chefe não bota fé. Eles têm um modelo de trabalho e não querem se abrir para mudanças. Além disso, a história também fala um pouco sobre a diferença de estilo de vida entre franceses e americanos. Esses mais voltados para muito trabalho e fazer dinheiro, e aqueles, num estilo mais “slow”, acreditam que trabalham para viver, e não o contrário.

Até que um post de Emily ganha milhares de compartilhamentos e é repostado por Carla Bruni. Em outro momento, seu perfil se destaca tanto que uma grande marca de beleza a convida para ser sua embaixadora, como influenciadora digital.

Além de ser uma história gostosa de acompanhar, ela mostra a importância e real influência do marketing digital. Para tantas pessoas que trabalham com isso hoje, serve também de inspiração e fonte de criatividade. Com um olhar particular da cidade ou de algum produto específico somado a uma boa legenda, Emily consegue emplacar um conteúdo de impacto e relevância. O desejo de todos que trabalham nessa área hoje.

Acho que mais do que uma história bacana, a série traz esse olhar sobre o marketing digital, sobre a resiliência de uma menina que não desiste da nova vida e de defender aquilo em que acredita. E, por último, mas não menos importante, tudo isso é mostrado com um certo glamour trazido pela moda nos looks da Emily e suas amigas e também nos clientes da empresa. O que eu amo e me faz encher os olhos!

Você também já assistiu? O que achou?

Abaixo um bônus com algumas fotos de looks!

Moda: regata canelada + calça slouchy

Anote aí uma tendência que vamos ver muito nesse verão: regata canelada com slouchy pants ou calça slouchy.

O que é calça slouchy? Tem a cintura alta, pence logo abaixo do cós, é mais larga no quadril e coxas afunilando e ficando mais estreita no tornozelo.

A regata canelada vem em tecido modal ou malha canelada com a modelagem bem ajustada ao corpo, deixando o look básico e chique.

É aquele look sem erro, sabe? Para trabalhar, para resolver coisas do dia a dia e até para jantar fora, basta trocar calçado e acessórios.

Trouxe aqui algumas maneiras de usar:

Espero que gostem! Deixem seus comentários!

Moda: o moletom veio para ficar – veja como usar

Moletom @slowstyle

Se tem uma peça que deixou a gente apaixonada nessa quarentena foi o moletom. E tudo indica que ele vai sair de casa – quando pudermos circular mais livremente por aí – para o famigerado look do dia (na rua também).

E não estou falando dos conjuntos (eles também estão fazendo sucesso e já falamos sobre eles aqui), mas sim de calça e blusa coordenadas com outras peças editando looks incríveis, inclusive mais chiquezinhos, não só os casuais.

Trouxe aqui algumas opções para mostrar como isso é possível e nos inspirar na edição dos nossos looks!

Nessa seleção estão formas de incorporar o moletom combinando com diferentes peças, como calças e saias, passando pelo casual e até um pouco mais formal. Agora abaixo, as imagens da influencer Helena Lunardelli, que usou uma blusa de moletom e editou looks completamente diferentes, também entre formais e casuais.

Demais, né? O bacana de ter diferentes inspirações é poder expandir a mente e nosso olhar para fazer combinações antes talvez improváveis. E também poder adaptar as peças do nosso armário deixando-o mais amplo e versátil.

Gostou do post? Qual foi o look favorito? Deixa aqui nos comentários, vou adorar saber!

Fotos: Instagram e Pinterest

Moda: a versatilidade dos tricôs

Tem peça mais gostosa do que tricô, que parece abraçar a gente de tão confortável e aconchegante?

Eles têm sido ótimos companheiros nesse nosso inverno meio tímido (pelo menos aqui em São Paulo) em que as temperaturas não são tão baixas, mas sempre dá aquela esfriada no fim do dia.

Sem falar que são versáteis: dá para usar com jeans, saia, short, moletom… e tem também a variedade de cores, dá para levantar o look com tons alegres.

Vamos ver as inspirações que eu trouxe:

Imagens: Instagram

Dá para usar e abusar, não só no inverno porque é uma peça daquelas meia-estação. Super quebram o galho quando bate um ventinho.

Gostou? Deixe aqui seu comentário!

A máscara como item de moda

máscara de proteção

Após quatro meses de isolamento social devido à pandemia de Covid-19, a vida parece estar, aos poucos, se movimentando. Pessoas saindo mais às ruas, comércio reabrindo. Voltar ao normal é impossível dizer porque acredito que nada mais será o que já foi um dia – com perdão do trocadilho.

A máscara já deixou de ser novidade e virou normal mesmo. Nossa companheira diária e obrigatória nas saídas de casa. Mas é bacana ver como incluímos a dita cuja em nossa vida e adaptamos esse – novo – acessório ao nosso estilo de vida.

Vi matérias em que os chineses são adeptos da branquinha básica e discreta. Enquanto isso, aqui no Brasil, incrementamos à nossa maneira: tem lisa, estampada, diferentes tecidos e formatos, a tal da ninja, a bico de pato, enfim, para todos os gostos.

E agora mais um acessório para combinar com o look e mais um vício de consumo. Outro dia me peguei doida por novos modelos que recebi: uma cheia de brilhos e uma branquinha toda trabalhada.

Fato é que não só aceitamos e nos acostumamos a usar, mas estamos tornando a máscara um item de moda. Já recebi máscara de brinde em compra de roupas, já vi marcas que enviam a máscara com a mesma estampa da roupa para combinar.

Eu, que adoro me jogar numa modinha, já tenho cores diferentes, variados tecidos e até estampada (logo eu que prefiro tudo liso). Tudo pra não sair de casa descombinando.

Não sei por quanto tempo ainda vamos ter a companhia da máscara, mas sei que enquanto ela estiver por aqui e nossa criatividade funcionar, não vão faltar opções para coordenar com nossos looks.

E você, já se jogou nessa moda também ou segue adepta do modelo mais básico mesmo?

Looks com bota Ugg para aquecer os dias frios em casa

ugg boots 2

Essa semana foi mais geladinha, pelo menos aqui em São Paulo, e, com a chegada do inverno, os dias frios serão mais constantes. Com a quarentena estamos praticamente sem sair de casa, mas nem por isso vamos deixar de usar uns looks quentinhos.

A protagonista dos looks hoje é a bota Ugg, uma marca australiana especializada em produzir botas em couro forrada com pelinhos por dentro, super quentinha. Apesar de não ser unanimidade – há até um trocadilho com o nome “ugly boots” (botas feias) – ela faz muito sucesso por aí, especialmente entre as famosas.

Existem modelos de outras marcas, seguindo a mesma proposta, mas essa é a “original”, digamos assim. Quando se fala em Ugg boots, as fashionistas já sabem qual é.

Bom, eu, particularmente, adoro. A minha não é da marca, comprei no Aliexpress há uns bons anos e ela segue firme e forte comigo. Super quentinha, já levei para viajar para lugares mais frios e não me deixou passar aperto. Agora em casa não é diferente. Virou minha companheira nos dias frios da quarentena. Dá pra usar com legging, jeans, moletom. Trouxe alguns looks para nossa inspiração.

ugg boots 6

ugg boots 5

ugg boots 3

ugg boots 1

E então, o que acharam? Curtem a moda da Ugg boot? Deixe um comentário!

Imagens: Pinterest e Instagram

Looks de quarentena

Não é porque estamos em casa que vamos ficar desleixadas, né? Falei isso no começo da pandemia. Acho importante mantermos a autoestima elevada, especialmente neste período. Adoro me arrumar e sinto que levanta o meu astral!

Apesar de estar em casa, não fico de pijama o tempo todo porque, pra mim, pijama está associado a dormir e a fazer nada rs, então sempre coloco um lookinho rs. Tenho usado looks simples e confortáveis, mas não menos estilosos.

Amo calça estilo jogger e conjuntinhos de moletom macios, além das leggings velhas de guerra. São ótimos para passar o dia, cumprir as tarefas diárias, mas sem perder o conforto.

E quem diria que um dia falaríamos de moda para ficar em casa, hein? Muita coisa mudou nos últimos três meses e a maneira de pensar e consumir moda também.

Separei algumas opções para vocês darem uma olhada e se inspirarem.

 

Imagens: Instagram

O que acharam? Como tem sido seus looks para ficar em casa? Conta aqui nos comentários!